quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Carnaval...

Estava escrevendo uma coisa e acabei ficando sem inpiração...

E ainda tô. Não tenho a mínima ideia sobre o que eu posso escrever.

Já sei! Hoje eu estava conversando com um amigo meu que também tem um blog e ele me fez uma crítica que à pricípio eu não gostei, mas agora eu estou começando a aceitar.

Ele disse que eu falava demais sobre mim mesma, que podia escrever sobre outras coisas "que tinha um monte de coisa nesse mundo"... E agora eu tô vendo e é verdade. Acho que meu ego é grande, é por isso.

Tudo bem, vou falar de Carnaval.

Eu odeio Carnaval. Acredito que antigamente era até uma festa legal, uma coisa boa de se fazer no começo do ano. Mas agora não é mais. É só uma desculpa para passar um monte de purpurina no corpo e sair pelado por aí, para beijar deconhecidos e para passar dias dançando e comemorando não sei o quê.

Mas eu sou controversa, e eu gosto de uma Escola de Samba. Beija-Flor. Desde os sete anos. É a única que eu torço para que ganhe. Ah, e eu também gosto do feriado. :D

Então me permito: Vai lá Beija-Flor!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Eu tinha um assunto prontinho pra falar aqui, eu juro, mas eu esqueci completamente. Aaaaahh, odeio esquecer as coisas!

Já que eu não tenho o que eu queria, vou falar do meu final de semana...

Estou morrendo de saudades da minha mãe. Não achei que sentiria tanta... Mas tá, o meu sábado foi legal, fui ao clube com o meu pai, a minha irmã e uma amiga minha, a Amanda Karol... Ficamos um tempão de molho na piscina, descobri que tem uma espécie de cabine telefônica parecida com aquelas de Londres lá. Tá, é uma versão bem pobrezinha da cabine, mas eu gostei mesmo assim. Resumindo: no final do dia eu estava preta, morrendo de cansaço e me sentindo mais feia do que o Shrek. Sabe o cocô da mosca do cocô do cavalo do bandido? Eu tava me sentindo pior do que ele. Minha auto-estima baixou tanto que eu até chorei! Mas em compensação, no outro dia eu estava me achando A linda. Nós três saímos e fomos ao Shopping, primeiro em um de Taguatinga (nunca se esqueça de anotar aonde estacionou o seu carro!), e depois no Casa Park - que, diga-se de passagem, tem o melhor cinema de Brasília. Assistimos Alvin e os Esquilos 2, que é ótimo para assistir com a família :D

Minha mãe só chega na sexta...

Até lá fico me controlando pra não comer todo o doce que encontro...

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Cara, como é difícil encontrar um assunto para escrever pela primeira vez em um blog!

Não sei bem como começar, mas acho que a origem disso já é um bom começo.

Minha mãe viajou para Fortaleza hoje e acabei tendo que ir para o trabalho do meu pai. Lá eu descobri que uma amiga* minha tinha um blog muito legal e ela me deu o link. Eu fui lá, dei uma lida e finalmente decidi fazer um bendito para mim. E aqui estou eu, escrevendo às 11h da noite.

Tá, eu achei que ia dar muito o que escrever, mas não deu... Será que devo escrever sobre mim?

Ah, o blog é meu e eu faço o que eu quiser, não é?

Eu gosto de Crepúsculo. Eu amo Crepúsculo. Stephanie Meyer é minha diva nº 1 e eu me espelho nela. Eu sou realmente fã de toda a Saga e os filmes. E como toda fã eu cometo exageros... Já li Crepúsculo seis vezes e todos os outros livros eu li duas vezes cada um. É, eu gosto mesmo de ler.

Falando em ler, eu leio muito e se quiserem, podem me indicar os livros que vocês gostarem, que sabe eu leio e até faço uma "crítica" aqui.

Eu também quero ser escritora, mas não fiz esse blog para postar contos ou coisas assim...

Eu estava mesmo precisando de um lugar para escrever as minhas reflexões, meus pensamentos malucos... Isso veio realmente em boa hora. Será que o Universo está conspirando à meu favor?

Eu tenho muitos sonhos. E quero muito realizar todos eles. Londres. Livros publicados. Ah, seria tão bom se eu realizasse todos eles...

Eu também sou um pouco dramática. Minhas amigas dizem que eu sou mesmo muito dramática. Acho que isso ajuda na carreira que eu quero seguir, mas eu também tenho outra qualidade que acho que tabém me ajuda agora, quando estou escrevendo no meu livro ou quando eu escrevo os meus contos. Eu sou observadora (e a minha amiga também é. Será qualidade dos virginianos?), e adoro ser. Coisas tão pequenas e tão banais que os outros simplesmente esquecem de ver. Não reparam. Uma senhorinha de cabeça pranca com um vestido, um guarda-chuva, um sapato e um chapeuzinho todos estampados com florais pequeninos e delicados. Aposto que só eu naquela parada de ônibus percebi. Ver aquela senhorinha me arrancou um sorriso quando eu já estava cansada de esperar o ônibus sob aquele sol e todo aquele calorão.

Eu gosto de maçãs. Tenho até uma gargantilha com um pingentinho.

Adoro música, cada uma com seus momentos. Carla Bruni para o começo e o fim do dia. Kings Of Leon e Paramore para as horas mais punks. The Cardigans e Lilly Allen para as horas alegres. Às vezes eu escuto até música clássica! Sou bem eclética, mas passo longe de funk e axé... Essas não são realmente a minha praia.

Bom, acho que é isso. Ainda bem que eu não escrevi tudo, fica para a próxima. :D